Na série, o ator português interpreta o papel de Chepe Santacruz Londoño, um dos quatro chefes do Cartel de Cali.

Na terceira temporada de “Narcos”, após a morte de Pablo Escobar (interpretado pelo brasileiro Wagner Moura), o ‘chefe’ do Cartel de Medellin, as atenções da Agência norte-americana Anti-Droga (DEA, na sigla em inglês) passam a centrar-se no Cartel de Cali.

De acordo com a Netflix, no texto de apresentação da terceira temporada, o cartel de Cali “funciona de forma muito diferente do de Escobar, preferindo subornar funcionários do governo e manter suas ações violentas fora das manchetes dos jornais”.

Veja na galeria algumas imagens da terceira temporada:

Além da personagem de Pêpê Rapazote, que “dirige o império satélite de Nova Iorque da rede colombiana de tráfico de droga”, o cartel de Cali é chefiado por Gilberto Rodriguez Orejuela (Damian Alcazar), Miguel Rodriguez Orejuela (Francisco Denis) e Pacho Herrera (Alberto Ammann).

Esta não é a primeira vez que o ator português, de 46 anos, participa numa série de televisão norte-americana. Em 2013, participou em dois episódios da terceira temporada de “Shameless – No Limite”, interpretando o papel de um barão de droga brasileiro.

Em Portugal, o ator fez parte do elenco de séries de televisão, como “Pai à Força”, “Ainda bem que apareceste” e “Bem-vindos a Beirais”, e de telenovelas como “Laços de Sangue”, “A Única Mulher” e “Rainha das Flores”.

A série, criada por Carlo Bernard, Chris Brancato e Doug Miro, estreou-se em 2015, tendo a segunda temporada chegado um ano depois.

A terceira temporada é composta por dez episódios que serão todos disponibilizados na Netflix na sexta-feira. A Netflix já confirmou que haverá quarta temporada da série.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.