Em comunicado enviado às redações, a organização refere que a edição deste ano, que decorreu de 5 a 9 de abril, em São Miguel, nos Açores, proporcionou "cinco dias de concertos, exposições e atividades de cruzamento artístico que envolveram um total de 1.000 pessoas por dia".

A nona edição do Tremor trouxe "mais de 40 artistas até Ponta Delgada, Ribeira Grande e outros pontos geográficos da ilha" de São Miguel, segundo a organização, destacando que foi "uma edição em formato pré-pandémico, ‘multi-venue’ e itinerante".

Na edição deste ano, o ciclo de residências artísticas envolveu "cerca de 200 pessoas em projetos de criação artística comunitária", ainda de acordo com a organização.

"O Tremor regressa em 2023, entre os dias 28 de março e 01 de abril. Os bilhetes já estão à venda em bol.pt, por um valor de 60 euros", lê-se ainda no comunicado.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.