Sérgio Mamberti, de 82 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira, dia 3 de setembro, em São Paulo. Segundo o G1, a notícia foi confirmada por um dos filhos do ator brasileiro, Carlos Mamberti.

O ator estava internado desde o passado dia 28 de agosto com uma infecção nos pulmões.

Sérgio Mamberti interpretou vários papéis de destaque no pequeno ecrã, como o mordomo Eugênio na novela "Vale Tudo" e Doutor Vitor em "Castelo Rá-Tim-Bum". "As Pupilas do Senhor Reitor", "A Diarista", "Anjo Mau" ou "Sol Nascente" foram outros dos trabalhos do ator na televisão.

Atualmente, o brasileiro fazia parte do elenco de "3%", série da Netflix.

O ator contou também com uma carreira no cinema, tendo-se estreado em  "Nudista à força" (1966), de Victor Lima. Sérgio Mamberti fez ainda parte do elenco de filmes como "O Bandido da Luz Vermelha" (1968), "Toda Nudez Será Castigada" (1973), "O Homem do Pau Brasil" (1980), "A Hora da Estrela" (1985) ou  "A Dama do Cine Shangai” (1987).

Sérgio Mamberti também se destacou nos palcos de São Paulo, tendo estreado em 2019, com Rodrigo Lombardi, a premiada peça "Um panorama visto da ponte".

Em 2021, lançou a autobiografia "Sérgio Mamberti: Senhor do meu Tempo", escrita em parceria com o jornalista Dirceu Alves Jr.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.