O Ymotion - Festival de Cinema Jovem decorre entre 2 e 7 de novembro.

Demonstrando que é possível obter uma colheita de novos nomes para o cinema português mesmo num ano atípico como este 2020, o festival chega à sua sexta edição: com 45 curtas-metragens na secção competitiva (de realizadores com idades compreendidas entre os 12 a 35 anos), o cinema jovem continua como celebração na Fundação Castro Alves.

À conquista pelo Prémio Joaquim D’Almeida destacam-se alguns “veteranos”, como Guilherme Daniel (“Erva Daninha”), Bernardo Lopes (“Moço”), Matilde Calado (“Como Gado”), Diogo Simão (“Sam”) ou o ensaísta Luís Azevedo (“No, In My Room”).

Para além da competição, o evento albergará um ciclo formativo; uma homenagem ao ator brasileiro Rodrigo Santoro (de “Carandiru”, “300”); um tributo a Diogo Morgado; e conversas com a atriz e realizadora Ana Rocha de Sousa (“Listen”), que apresentará uma curta-metragem da sua autoria, e as atrizes Catarina Wallenstein e Sara Barradas, que integrarão um painel sobre representação.

O jornalista, crítico de cinema e comissário do festival Rui Pedro Tendinha conversará com todos os convidados.

O Ymotion exibirá ainda as primeiras imagens de "Bem Bom", de Patrícia Sequeira, o aguardado "biopic" sobre as Doce, a icónica "girlsband" dos anos 1980. A seguir à sessão decorrerá uma conversa com o músico, compositor e mentor das Doce Tozé Brito.

O ator Nuno Lopes receberá o Prémio Carreira.

Toda a programação do Ymotion poderá ser vista aqui.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.