"Top Gun: Maverick" atingiu outro marco histórico nas bilheteiras: bateu "Titanic" e tornou-se o filme mais rentável produzido ou distribuído pelo estúdio Paramount Pictures nos EUA.

Na terça-feira, a sequela com Tom Cruise chegou aos 601,919 milhões de dólares de receitas e ultrapassou "Titanic", que arrecadou 600,7 milhões em 1997.

No entanto, trata-se de um daqueles recordes com "asterisco": o valor não inclui o impacto de 25 anos de inflação, que colocariam o épico de James Cameron nos 1,038 mil milhões em dólares de 2022. Também de fora estão outros filmes da Paramount, como "O Padrinho", de 1972.

Além disso, os 600,7 milhões são da primeira passagem de "Titanic" pelos cinemas: um posterior relançamento coloca o valor real da bilheteira americana em 659,3 milhões e no sétimo lugar nos recordes (sempre sem contar com a inflação). Um valor que "Maverick" poderá ainda alcançar nas próximas semanas.

"Titanic" (1997)

O recorde mundial do filme do Leonardo DiCaprio e Kate Winslet também não está ameaçado: 2,2 mil milhões de dólares, enquanto Tom Cruise bate o recorde de bilheteira da sua carreira com 1,19 mil milhões.

Asteriscos que  a Paramount deixa de parte do comunicado a assinalar o marco histórico.

“Por 110 anos, a Paramount Pictures produziu e distribuiu alguns dos filmes mais emblemáticos da história de Hollywood, incluindo o clássico 'Titanic', que assinala o seu 25º aniversário este ano. 'Top Gun: Maverick' é um filme fenomenal e temos muito orgulho em celebrar esta tremenda conquista ao lado de Tom Cruise, os artistas e elenco, as nossas equipas de marketing e distribuição e, claro, todos os novos e originais fãs 'Top Gun', sem os quais isso não teria sido possível", destacou o presidente e CEO Brian Robbins.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.