Imortalizado no cinema de forma amorosa no clássico da animação da Disney de 1942, um Bambi muito diferente e traumatizado vai regressar como uma máquina de matar à procura de vingar a morte da mãe em "Bambi: The Reckoning" [Bambi: O Acerto de Contas, em tradução livre].

Com rodagem prevista para arrancar no final de janeiro de 2023, o projeto é de Rhys Frake-Waterfield, o mesmo produtor, realizador e técnico de efeitos especiais de filmes de terror "série b" que já se lembrou de transformar Winnie the Pooh, outro ícone da infância da Disney, num assassino em série.

Esse filme de terror que será lançado a 15 de fevereiro de 2023 nos EUA chama-se "Winnie the Pooh: Blood and Honey" [Winnie the Pooh: Sangue e Mel", em tradução livre].

Para se focar na produção desta nova versão macabra da história clássica de Bambi, Rhys Frake-Waterfield deixará a realização para Scott Jeffrey, também com muita experiência neste tipo de produções.

"Inspirando-se no design usado no [filme] 'The Ritual' da Netflix [de 2018, produzido por Andy Serkis e com Rafe Spall], Bambi será uma máquina de matar cruel à espreita no mundo selvagem", explicou ao Dread Central, um 'site' veículo especializado no género de terror.

Como é que isto é possível?

Assim como aconteceu com Winnie the Pooh e apesar de Scott Jeffrey mencionar 1928, o ano da primeira edição em inglês, o lançamento original do livro "Bambi, a Life in the Woods" é de 1923 e a história já está em domínio público, pelo que qualquer pessoa pode fazer uma versão sem prestar contas aos herdeiros do escritor austríaco Felix Salten.

Por agora, não há informações sobre o elenco ou a data de estreia de "Bambi: The Reckoning".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.