A Netflix divulgou esta quinta-feira (8) o "teaser trailer" de "Mank".

Trata-se do novo filme de David Fincher e o primeiro desde "Gone Girl" ("Em Parte Incerta" em Portugal) em 2014.

A ausência tão prolongada das longas-metragens do emblemático cineasta de "Sete Pecados Mortais", "Clube de Combate", "Zodiac" e "A Rede Social" explica-se em parte precisamente com a intensa relação com a Netflix por causa das séries "House Of Cards", "Mindhunter" e "Love, Death + Robots".

A plataforma permitiu-lhe concretizar um projeto muito pessoal: um filme a preto e branco baseado num argumento escrito pelo pai, Jack Fincher, falecido em 2003, sobre "o lado negro de Hollywood".

Naquele que é o seu primeiro grande papel desde que ganhou o Óscar como Winston Churchill em "A Hora Mais Negra" (2017), Gary Oldman é Herman J. Mankiewicz, um jornalista que se mudou para Hollywood na década de 1920 e se tornou um dos seus mais famosos argumentistas e "script doctors" (ajudando a melhorar trabalhos de outros em segredo), eventualmente contribuindo para aquele que geralmente considerado o melhor filme da história do cinema.

Segundo a sinopse oficial da Netflix, "a Hollywood dos anos 30 é reavaliada através do olhar do mordaz crítico social e argumentista alcoólico Herman J. Mankiewicz, enquanto este tenta concluir o argumento de 'O Mundo a Seus Pés' [1941] para Orson Welles".

Os elenco destacam-se ainda Amanda Seyfried, Lily Collins e Charles Dance.

Visto como um grande candidato aos Óscares, "Mank" vai estrear em alguns cinemas nos EUA em novembro antes de ficar disponível na Netflix a 4 de dezembro.

VEJA O TRAILER.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.