Jamie Foxx apareceu de surpresa na cerimónia de segunda-feira à noite dos Critics Choice Association‘s Celebration of Cinema & Television Honoring Black, Latino & AAPI Achievements (Celebração do cinema e televisão em homenagem das conquistas dos negros, latinos e asiáticos da Associação Critics Choice, em tradução literal).

Foi a primeira presença em público após sofrer uma "complicação médica" que continua por revelar a 11 de abril, que levou à sua hospitalização em Atlanta, na Geórgia, onde participava na rodagem de um filme para a Netflix ao lado de Cameron Diaz.

Após "complicação médica", Jamie Foxx está a fazer fisioterapia com o apoio da família
Após "complicação médica", Jamie Foxx está a fazer fisioterapia com o apoio da família
Ver artigo

O ator esteve em palco da sala do hotel Fairmont Century Plaza em Los Angeles logo no início da noite para receber um prémio de Vanguarda, que não tinha sido previamente anunciado e sem ter comparecido na passadeira vermelha, pela carreira e a sua interpretação no filme "Burial", disponível na Amazon Prime Video. A distinção foi entregue por Jurnee Smollett, a sua colega no filme.

Segundo o Deadline, Foxx não falou em concreto sobre a natureza da "complicação médica" durante os 12 minutos de um discurso emocional perante uma audiência atónica, mas admitiu que não conseguia sequer andar há seis meses e esteve às portas da morte.

“Quero agradecer a todos. Passei por algo, passei por algumas coisas. Agora, aprecio cada minuto – é diferente. Não desejaria o que passei nem sequer ao meu pior inimigo, porque é difícil quando está quase no fim... quando você vê o túnel. Vi o túnel – não vi a luz", reconheceu.

VEJA O INÍCIO DO DISCURSO.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.