O mais recente filme do cineasta japonês Hayao Miyazaki, realizador de "A Viagem de Chihiro" e outros clássicos, vai abrir o Festival de Cinema de San Sebastián, que vai na sua 71.ª edição, anunciou a organização na quinta-feira.

"Kimitachi wa Dou Ikiru ka", cuja tradução em inglês é "How do you live?" ("Como você vive?"), mas que se vai chamar a nível internacional “The Boy and the Heron” ("O Rapaz e a Garça") terá a sua estreia europeia na sexta-feira, 22 de setembro, na sessão de abertura deste festival que se prolongará até sábado, dia 30, na cidade basca.

"Esta é a quarta vez que um filme do cineasta japonês, que também escreve, desenha e projeta edifícios, é programado no Festival de San Sebastian, mas é o primeiro em que faz parte da Secção Oficial", de competição, anunciou o certame em comunicado.

Miyazaki, de 82 anos, fundou os Estúdios Ghibli de animação com Isao Takahata em 1985, e já dirigiu quinze longas-metragens.

Alcançou fama mundial em 2001 com "A Viagem de Chihiro", que ganhou o Urso de Ouro no Festival de Berlim e o Óscar de Melhor Filme de Animação, mas antes disso dirigiu outras obras conhecidas como "O Castelo no Céu" (1986), "O Meu Vizinho Totoro" (1988), "Porco Rosso - O Porquinho Voador" (1992), "Princesa Mononoke" (1997) e "O Castelo Andante" (2004).

Em 2014, recebeu um Óscar honorário por toda a sua carreira.

"The Boy and the Heron" é o primeiro filme em dez anos e estreou no Japão a 14 de julho com grande sucesso, apesar de lançado sem qualquer trailer ou outro material de promoção além do poster.

A Secção Oficial de San Sebastián contará com filmes dos argentinos María Alché e Benjamín Naishtat, que dirigem juntos "Puan", sobre dois professores que disputam uma cátedra, e Martín Rejtman, que apresenta "La práctica", sobre uma professora de ioga em crise conjugal.

Também concorrerão à Concha de Ouro, entre outros, o cineasta francês Robin Campillo, com "L'île rouge" ["A Ilha Vermelha"], sobre a colonização francesa de Madagáscar, ou a cineasta norte-americana Raven Jackson, com o seu filme de estreia "All Dirt Roads Taste of Salt", que percorre várias décadas da vida de uma mulher do estado do Mississípi.

O festival vai homenagear Javier Bardem com o seu prémio honorário Donostia, mas a presença do ator espanhol é incerta por causa da greve dos atores de Hollywood, que impede a presença neste tipo de eventos.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.