Esta quinta-feira, a Netflix anunciou mais de 80 projetos cinematográficos para 2022 em todo o mundo, o que eleva a plataforma de streaming à primeira divisão do setor cinematográfico.

Desde Guillermo del Toro a Daniel Craig, passando por Jessica Chastain, Ana de Armas, Ryan Gosling... a lista de estrelas e diretores de Hollywood que irá colaborar nestes projetos é considerável.

A Netflix iniciou a sua trajetória em 1997 como um clube de vídeo 'online' nos Estados Unidos para os fãs de cinema, que colocava à sua disposição centenas de títulos mediante um modesto pagamento.

Em 25 anos, converteu-se num dos principais atores do setor com sucessos populares ("Não Olhem para Cima", 2021), cinema de autor ("Roma", 2018); ("O Poder do Cão", 2021) ou documentários.

A principal produção para este ano é "The Gray Man", dos irmãos Anthony e Joe Russo, baseada num romance de Mark Greaney, o criador de "Jason Burne".

A personagem principal é um agente da CIA (Ryan Gosling) convertido num assassino contratado.

Pela sua parte, Guillermo del Toro apresentará a sua adaptação musical, e com personagens animados, da história infantil "Pinóquio".

Daniel Craig ("James Bond") voltará a interpretar um detetive na sequela de "Knives Out: Todos São Suspeitos", ao lado de Andrew Morton, Kate Hudson e muitas outras estrelas.

O realizador Noah Baumbach vai adaptar "White Noise", romance de Don DeLillo, enquanto que Romain Gavras, filho do cineasta grego Costa Gavras, roda o seu terceiro filme, "Athenas".

Do lado das séries televisivas, a Netflix anunciou "Wednesday", de Tim Burton, "The Sandman", adaptação de uma série de ficção científica entregue a Allan Heinberg, e novas temporadas de sucessos como "The Crown", "Peaky Blinders" e "Stranger Things".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.