Após Claudette Colbert, Vivian Leigh, Elizabeth Taylor e Monica Bellucci, será Gal Gadot a dar vida no cinema a Cleópatra, a rainha do Egipto.

A ideia para o projeto partiu da própria atriz israelita, que conseguiu um apoio de peso: a realizadora será Patty Jenkins, repetindo a dupla de sucesso que trabalhou nos filmes "Mulher-Maravilha".

Segundo a imprensa especializada, o estúdio Paramount ganhou o cobiçado "pacote" este domingo (11) porque se comprometeu a avançar com rapidez com um filme de grande orçamento para lançar nos cinemas, vencendo um leilão que teve ainda como finalistas Netflix, Apple, Universal e Warner Bros.

O argumento vai começar a ser escrito por Laeta Kalogridis, recrutada por Gal Gadot: no currículo tem títulos como "Alexandra o Grande", de Oliver Stone, "Shutter Island", de Martin Scorsese", e o recente "Alita: Anjo de Combate", de Robert Rodriguez.

Apesar de ainda não existirem datas de estreia, a expectativa é que este seja o próximo filme de Gadot e Jenkins juntas, numa altura em que ainda se aguarda pela chegada aos cinemas de "Mulher-Maravilha 1984", que após vários adiamentos, está prevista para 25 de dezembro.

Poderá existir uma "corrida" para ver quem chega primeiro: um outro projeto sobre a rainha que, aos 18 anos, controlava virtualmente toda a costa leste do Mediterrâneo, dos produtores Amy Pascal e Scott Rudin, anda há anos pela Sony e já interessou a Angelina Jolie e Lady Gaga, tendo como potenciais realizadores Paul Greengrass, James Cameron, Denis Villenueve e David Fincher.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.