A 46.ª edição do Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho começa a 7 de novembro e vai ter 107 filmes de 26 países em competição, integrando ainda uma retrospetiva do realizador polaco Piotr Kamler.

Até ao dia 13 daquele mês, o certame do distrito de Aveiro apresentará assim a concurso as melhores obras selecionadas por um júri especializado entre 3.400 candidaturas de 111 nacionalidades.

Fonte do festival adiantou que na competição internacional haverá 76 obras a disputar prémios, seja na categoria de longas-metragens, ‘curtas’ ou de filmes escolares, e que na categoria nacional estarão 31 ‘curtas’ a concurso, distribuídas pelo Prémio António Gaio, o Prémio Jovem Cineasta Português para Obras de Crianças e Jovens (até aos 18 anos de idade) e o Prémio Jovem Cineasta Português para Realizadores Adultos (dos 18 aos 30 anos).

Quanto à retrospetiva, será dedicada à carreira de Piotr Kamler, que, natural de Varsóvia, onde nasceu em 1936, fez a sua formação artística na Escola de Belas Artes de Paris e se tornou um pioneiro pelo modo como fundiu várias técnicas visuais e artesanais com formas sonoras.

Para dar a conhecer essa cinematografia, o festival exibirá a 7 de novembro sete filmes de Kamler, entre os quais a curta-metragem de nove minutos “Uma Missão Efémera” (1993), com música de Bernard Parmegiani.

Antes do arranque formal do Cinanima 2022, o evento passará por várias universidades portuguesas, num pré-festival que fonte do certame diz que será preenchido com sessões de visionamento em outubro e com “iniciativas artísticas nos dias 05 e 06 de novembro”.

Essa rubrica do festival foi implementada em 2014, visa “a educação para o cinema” e tem entrada livre. Contempla a exibição de “três programas de cinema de animação de autor de elevada qualidade, destinando-se sobretudo à comunidade académica”, num universo de 16 instituições de ensino, mas abrindo-se também ao público em geral.

As curtas-metragens a exibir são 30, abrangendo os premiados da edição de 2021 do Cinanima, obras da escola francesa “Pôle 3D” e uma seleção dos melhores filmes do festival austríaco “Tricky Women”.

Essas ‘curtas’ irão repetir-se “num total de 46 sessões, em auditórios académicos e outros espaços culturais” pelo território nacional.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.