A informação foi divulgada hoje na página do Facebook dedicada ao ator, onde o agente Thomas Bowington recordou que embora “Dave", como era conhecido, tenha ficado famoso por interpretar vários monstros, para ele e para todos aqueles que o conheciam e trabalharam com o ator “ele era um herói".

“É uma perda que dói no coração de milhões de fãs em todo o mundo”, escreveu.

Segundo a edição online do jornal The Guardian, o ator foi escolhido por George Lucas durante a audição para os papéis de Vader e Chewbacca devido ao seu físico atlético, tendo o produtor cinematográfico lhe dado a escolher entre os dois papéis.

De acordo com o jornal, o ator, natural de Bristol, nascido em 1935, no Reino Unido, acabou por escolher vestir a pele de Vader e quando questionado sobre qual o motivo respondeu “toda a gente se lembra do vilão”.

Com a sua impressionante armadura negra, respiração metálica e poderes intimidantes, Darth Vader é um dos vilões mais marcantes da história do cinema. A frase "Eu sou o teu pai", simulando a voz tenebrosa da personagem, é uma das mais repetidas pelos fãs da saga criada por George Lucas.

O ator, antigo atleta de levantamento de pesos, protagonizou diversos papéis como monstro.

A ensaiar
créditos: LucasFilms

A voz que não se ouviu

Faz parte da história mitológica que o britânico não só foi o corpo de Darth Vader, mas também usou a sua própria voz durante a rodagem de "A Guerra das Estrelas" em 1976, mas esta acabou por ser substituída pela de James Earl Jones.

Embora tenha ficado profundamente magoado na altura, pois não foi informado por George Lucas, mais tarde acabou por ficar em paz com a decisão.

"James Earl Jones fez um trabalho maravilhoso como a voz de Darth Vader e foi a combinação perfeita com a presença física que dei à personagem", escreveu em 2015 no seu site.

Quando Darth Vader apareceu por breves instantes no final de "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith" (2005), o último filme da segunda trilogia, era já Hayden Christensen que vestia o emblemático traje da personagem, regressando novamente James Earl Jones.

David Prowse como Darth Vader

Em "Rogue One: Uma História de Star Wars" (2016), foi Spencer Wilding a garantir a presença física novamente com a voz de Jones.

Uma vida que deu um documentário

Em 2015, os realizadores Toni Bestard e Marcos Cabotá decidiram juntar-se para contar a história de David Prowse.

O projeto do filme começou quando os dois realizadores propuseram ao ator voltar a rodar uma sequência da trilogia, a mesma cuja rodagem foi proibida na altura e que impediu que o rosto de Prowse se tornasse tão reconhecido quanto os seus companheiros de elenco (Harrison Ford, Carrie Fisher ou Mark Hamill), até porque foi Sebastian Shaw a dar uma cara a Darth Vader quando este retirou o capacete em "O Regresso do Jedi" (1983).

Em "Darth Vader: Eu Sou o teu Pai", documentário filmado no filmado no Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Espanha, os realizadores, apoiados por um grupo de fãs, tentaram dar a Prowse o reconhecimento que nunca teve.

"Era muito mais do que Darth Vader"

Mark Hamill, que encarnou Luke Skywalker na saga "A Guerra das Estrelas", lamentou a morte de Prowse nas redes sociais. O ator despediu-se de um "homem gentil" e que era "muito mais do que Darth Vader", recordando que recebeu um título da Ordem do Império Britânico, foi campeão britânico de halterofilismo por três vezes e que deu corpo a Green Cross Code Man, figura criada para promover a segurança rodoviária junto das crianças. "Ele amava os fãs tanto quanto eles o amavam", assinala.

David Prowse também foi guarda-costas em "Laranja Mecânica", teve papéis em séries como "Doctor Who", "O Santo" ou "Espaço 1999", encarnou Frankenstein várias vezes e participou em "Jabberwocky" (1977), de Terry Gilliam. Outras funções incluíram a de personal trainer de Christopher Reeve em "Super Homem", um percurso recordado na sua autobiografia "Straight from the Force's Mouth", editada em 2011.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.