Apesar de todas as dificuldades devido à pandemia de COVID-19, vários artistas jogaram todas as fichas que tinha previstas e lançaram os seus álbuns ao longo dos últimos meses. Esta terça-feira, dia 23 de novembro, Dua Lipa, Lauren Daigle, Gayle King e companhia anunciaram os nomeados para a 63.ª edição dos Grammy Awards.

Beyoncé segue na frente da corrida com nove nomeações. A artista concorre, por exemplo, ao prémio de Canção do Ano, Gravação do Ano, Melhor Canção Rap ou de Melhor Atuação R&B. A liderança conquistada pela cantora norte-americana surpreendo tudo e todos, já quem em 2020 não lançou nenhum álbum - as colaborações, um single e o lançamento da longa-metragem no Disney+ garantiram as nomeações à artista.

Beyoncé Beyoncé

Atrás de Beyoncé está Taylor Swift, que conta com seis nomeações. A cantora está na corrida nas principais categorias, como Melhor Álbum do Ano, Canção do Ano, Melhor Álbum Pop Vocal ou  Melhor Atuação Pop a Solo.

Tal como Taylor Swift, o rapper Roddy Ricch e Dua Lipa também soma seis nomeações cada. Já Billie Eilish, a grande vencedora da última edição dos Grammys, soma quatro nomeações nas principais categorias, incluindo Gravação do Ano e Canção do Ano com "Everything I Wanted".

Já Ingrid Andress, Phoebe Bridgers, Chika, Noah Cyrus, D Smoke, Doja Cat, Kaytranada e Megan Thee Stallion lutam pelo galardão de Melhor Novo Artista.

A cantora portuguesa Maria Mendes também está nomeada para os Grammy, os prémios norte-americanos de música, pelos arranjos do tema "Asas Fechadas", coassinados com o pianista John Beasley.

A cerimónia de entrega de prémios está marcada para o dia 31 de janeiro de 2021. Trevor Noah será o apresentador.

NOMEADOS:

(Veja aqui a lista completa)

Melhor Novo Artista

Ingrid Andress
Phoebe Bridgers
Chika
Noah Cyrus
D Smoke
Doja Cat
Kaytranada
Megan Thee Stallion

Canção do Ano

"Black Parade" — Denisia Andrews, Beyoncé, Stephen Bray, Shawn Carter, Brittany Coney, Derek James Dixie, Akil King, Kim "Kaydence" Krysiuk & Rickie "Caso" Tice (Beyoncé)
"The Box" — Samuel Gloade & Rodrick Moore
"Cardigan" — Aaron Dessner & Taylor Swift
"Circles" — Louis Bell, Adam Feeney, Kaan Gunesberk, Austin Post & Billy Walsh (Post Malone)
"Don't Start Now" — Caroline Ailin, Ian Kirkpatrick, Dua Lipa & Emily Warren
"I Can't Breathe" — Dernst Emile II, H.E.R. & Tiara Thomas
"If The World Was Ending" — Julia Michaels & JP Saxe

Gravação do Ano

"Black Parade" — Beyoncé
"Colors" — Black Pumas
"Rockstar" — DaBaby Featuring Roddy Ricch
"Say So" — Doja Cat
"Everything I Wanted" — Billie Eilish
"Don't Start Now" — Dua Lipa
"Circles" — Post Malone
"Savage" — Megan Thee Stallion Featuring Beyoncé

Álbum do Ano

Chilombo — Jhené Aiko
Black Pumas (Deluxe Edition) — Black Pumas
Everyday Life — Coldplay
Djesse Vol. 3 — Jacob Collier
Women In Music Pt. III — Haim
Future Nostalgia — Dua Lipa
Hollywood's Bleeding — Post Malone
Folklore — Taylor Swift

Melhor Álbum Pop Vocal

Changes — Justin Bieber
Chromatica — Lady Gaga
Future Nostalgia — Dua Lipa
Fine Line — Harry Styles
Folklore  — Taylor Swift

Melhor Atuação Pop a Solo

“Yummy” – Justin Bieber“Say So” – Doja Cat
“Everything I Wanted” – Billie Eilish
“Don’t Start Now” – Dua Lipa
“Watermelon Sugar” – Harry Styles
“Cardigan” – Taylor Swift

Melhor Atuação Pop em Duo ou Grupo

"Un Dia (One Day)" — J Balvin, Dua Lipa, Bad Bunny & Tainy
"Intentions" — Justin Bieber Featuring Quavo
"Dynamite" — BTS
"Rain On Me" — Lady Gaga with Ariana Grande
"Exile" — Taylor Swift Featuring Bon Iver

Melhor Álbum Rap

Black Habits — D Smoke
Alfredo — Freddie Gibbs & The Alchemist
A Written Testimony — Jay Electronica
King’s Disease — Nas
The Allegory — Royce Da 5’9”

Melhor Atução Rap

"Deep Reverence" — Big Sean Featuring Nipsey Hussle
"Bop" — DaBaby
"What's Poppin" — Jack Harlow
"The Bigger Picture" — Lil Baby
"Savage" — Megan Thee Stallion Featuring Beyoncé
"Dior" — Pop Smoke

Melhor Álbum de Música Eletrónica / Dance

Kick I — Arca
Planet's Mad — Baauer
Energy — Disclosure
Bubba — Kaytranada
Good Faith — Madeon

Melhor Álbum R&B

Happy 2 Be Here — Ant Clemons
Take Time — Giveon
To Feel Love/d — Luke James
Bigger Love — John Legend
All Rise — Gregory Porter

Melhor Atuação R&B

“Lightning & Thunder” — Jhene Aiko feat. John Legend
“Black Parade” — Beyoncé
“All I Need” — Jacob Collier feat. Mahalia & Ty Dolla $ign
“Goat Head” — Brittany Howard
“See Me” — Emily King

Melhor Álbum de Rock

A Hero’s Death — Fontaines D.C.
Kiwanuka — Michael Kiwanuka
Daylight — Grace Potter
Sound & Fury — Sturgill Simpson
The New Abnormal — The Strokes

Melhor Atuação Rock

"Shameika" — Fiona Apple
"Not" — Big Thief
"Kyoto" — Phoebe Bridgers
"The Steps" — HAIM
"Stay High" — Brittany Howard
"Daylight" — Grace Potter

Melhor Álbum de Música Alternativa

Fetch the Bolt Cutters — Fiona Apple
Hyperspace — Beck
Punisher — Phoebe Bridgers
Jaime — Brittany Howard
The Slow Rush — Tame Impala

Melhor Álbum Latino Pop/ Urbano

YHLQMDLG — Bad Bunny
Por Primera Vez — Camilo
Mesa Para Dos — Kany García
Pausa — Ricky Martin
3:33 — Debi Nova

Melhor Filme de Música

Beastie Boys Story — Beastie Boys
Black Is King — Beyoncé
We Are Freestyle Love Supreme — Freestyle Love Supreme
Linda Ronstadt: The Sound Of My Voice — Linda Ronstadt
That Little Ol' Band From Texas — ZZ Top

Produtor do Ano (não clássico)

Jack Antonoff
Dan Auerbach
Dave Cobb
Flying Lotus
Andrew Watt

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.