Nas últimas horas, os corações dos fãs de Olivia Rodrigo bateram com mais força. Depois de muitos rumores, chegou a confirmação: a artista norte-americana vai estrear-se em Portugal no próximo ano.

A digressão mundial de "GUTS" passa pela Altice Arena, em Lisboa, a 22 de junho de 2024, confirmou a Ritmos e Blues nas redes sociais. O concerto da artista coincide com as datas do segundo fim de semana do Rock in Rio Lisboa.

Minutos depois da publicação no Instagram e Facebook, a Ritmos e Blues retirou a informação das redes sociais. O anúncio internacional deverá acontecer nas próximas horas.

As informações sobre os bilhetes e as datas internacionais da digressão deverão ser anunciadas durante a tarde desta quarta-feira, dia 13 de setembro.

"A tour mundial 'GUTS' da Olivia Rodrigo está a chegar à Altice Arena. Inscreve-te agora para teres acesso aos bilhetes. As inscrições terminam no domingo, dia 17 de setembro", adianta a promotora.

A primeira parte do concerto ficará a cargo de Remi Wolf.

Veja a publicação:

olivia

Dois anos depois, Olivia Rodrigo voltou à música com um novo álbum - "Guts" chegou na passada sexta-feira, dia 8 de setembro, e conta com 12 canções, entre elas os singles "Vampire" e "Bad Idea Right?".

Nos temas do segundo disco, a jovem de 20 anos aborda todas as suas vulnerabilidades, transformando-as num grito de guerra e mergulhando em todos os sentimentos (dos mais sombrios aos mais coloridos).

"Guts" marca também o adeus de Olivia Rodrigo à adolescência. Em comunicado citado pela NME, a artista confessa que sentiu que cresceu "10 anos" entre os 18 e os 20. "Foi um período muito constrangedor e com grandes mudanças. Mas acho que tudo isto faz parte do crescimento, e o disco reflete isso mesmo", explicou.

Ao longo das 13 canções, a cantora norte-americana expande o universo do desgosto em temas como "Logical" (onde compara o amor a contas de matemática) ou "Love Is Embarrassing", canta sobre a pressão da imagem em "Pretty Isn't Pretty" ou da ansiedade de chegar à vida adulta ("Teenage Dream", com referência a Katy Perry). Em "Ballad of a Homeschooled Girl", Olivia Rodrigo fala dos dramas da juventude, em "Vampire" atira farpas ao mundo da fama e desabafa sobre a natureza efémera do sucesso em "Making the Bed".

Para "Guts", a artista contou com Dan Nigro como braço direito, tal como tinha acontecido em "Sour", o seu primeiro álbum que conquistou os tops mundiais e elogios. Olivia Rodrigo é a escreveu sozinha a maior das canções do novo disco, tendo a co-produção ficado nas mãos de Alexander 23 ("Get Him Back!") e Ryan Linvill ("Logical” e “The Grudge").

O disco conta ainda com uma versão especial, com quatro temas extra - "Obsessed", "Scared of My Guitar", "Stranger" e "Girl I’ve Always Been".

Olivia Rodrigo e Dan Nigro gravaram "Guts" entre Nova Iorque e Los Angeles. A cantora começou a trabalhar em "Vampire" nos Electric Lady Studios no final de 2022, e foi a primeira canção a sair das sessões de composição.

Horas depois do lançamento, o novo álbum de Olivia Rodrigo chegou ao top dos assuntos mais comentados no Twitter. Dos fãs à imprensa internacional, os elogios a "Guts" multiplicam-se. "Com 'Guts', Rodrigo lançou o disco pop mais completo do ano e elevou ainda mais sua trajetória", escreve, por exemplo, a revista Billboard.

Olivia Rodrigo conquistou fãs em todo o mundo em 2021, com o lançamento de "Sour", álbum que contou com os singles "drivers license" e "good 4 u".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.