Maria João Bastos trabalhou com
Raúl Ruiz em
«Mistérios de Lisboa» e tinha já anunciado que, tal como Adriano Luz, voltaria a trabalhar com o cineasta, que faleceu em agosto, em
«As Linhas de Torres».

«Tudo se mantém como estava previsto, a rodagem começa em novembro», revelou à agência Lusa Maria João Bastos, em Lisboa, acrescentando que a realizadora do filme será
Valéria Sarmento, a viúva de Raúl Ruiz.

A atriz revelou que, além de
Adriano Luz, terá como colegas de elenco, entre outros,
Nuno Lopes, o norte-americano
John Malkovich e as francesas
Catherine Deneuve,
Chiara Mastronianni e
Isabelle Huppert.

Em agosto, após a morte de Raúl Ruiz, o produtor
Paulo Branco revelara que o projeto do cineasta chileno já estava «preparado» e a produtora que lidera iria «avançar com ele».

«As Linhas de Torres», com argumento de
Carlos Saboga que já adaptara ao cinema «Mistérios de Lisboa» de Camilo Castelo Branco, tem como tema as invasões francesas em Portugal.

Para Maria João Bastos, este é um projeto «muito especial», uma «homenagem» que irá permitir «concretizar um sonho» do realizador. «Claro que preferíamos tê-lo connosco», sublinhou.

O realizador Raúl Ruiz, nascido há 70 anos no Sul do Chile, morreu a 19 de agosto deste ano em Paris, vítima de doença prolongada.

Na altura da morte do chileno, que para Maria João Bastos foi «inesperada», a atriz contou à Lusa que «ele estava muito entusiasmado com o projeto [«As Linhas de Torres»]».

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.