"A Zona de Interesse", do cineasta britânico Jonathan Glazer, e "Fallen Leaves", do finlandês Aki Kaurismäki, são os filmes mais nomeados para a 36.ª edição dos Prémios do Cinema Europeu.

Sem produções portuguesas na corrida, a Academia de Cinema Europeu revelou esta terça-feira os nomeados nas principais categorias através de um vídeo que juntou adolescentes de todo o continente, membros do recém-formado Clube do Cinema Europeu.

Os Prémios Europeus de Cinema visam reconhecer a excelência dos filmes produzidos na Europa e são entregues anualmente pela Academia Europeia de Cinema, composta por cerca de 4.600 profissionais do meio.

Por conhecer estão os prémios das categorias técnicas, que serão determinados por um júri: não há nomeados e os vencedores serão escolhidos a partir dos filmes nomeados na seleção principal e anunciados antes da cerimónia, que está marcada para 9 de dezembro em Berlim e onde serão homenageados a atriz britânica Vanessa Redgrave e o cineasta húngaro Béla Tarr.

Os dois filmes mais nomeados estão na corrida nas principais categorias: Filme, Realização, Argumento, Ator e Atriz.

No caso de "A Zona de Interesse", previsto para estrear a 18 de janeiro em Portugal, surgem nomeados os atores Christian Friedel e Sandra Hüller; por "Fallen Leaves", com estreia portuguesa confirmada mas a aguardar data, surgem Jussi Vatanen e Alma Pöysti.

Ambos foram premiados no Festival de Cannes em maio, o primeiro com o Grande Prémio e o segundo com o Prémio do Júri.

Também com estreia portuguesa confirmada, "Anatomie d´une Chute", de Justine Triet, Palma de Ouro em Cannes, surge na corrida em quatro categorias principais: Filme, Realização, Argumento e Atriz (novamente Sandra Hüller).

Sem estreia portuguesa anunciada, "Green Border", de Agnieszka Holland, Prémio Especial do Júri no Festival de Veneza, concorre a três prémios: Filme, Realização e Argumento.

A corrida para Melhor Filme Europeu fecha com "Io Capitano", de Matteo Garrone, também nomeado para Realização.

Além de Christian Friedel e Jussi Vatanen, concorrem para Ator Europeu Thomas Schubert ("Afire"), Josh O’Connor ("La Chimera") e Mads Mikkelsen ("Bastarden").

Para Atriz Europeia, Eka Chavleishvili ("Blackbird Blackbird Blackberry"), Mia McKenna-Bruce ("How to Have Sex") e Leonie Benesch ("The Teacher´s Lounge") juntam-se à duplamente nomeada Sandra Hüller e Alma Pöysti.

A categoria de Documentário Europeu tem entre os nomeados "Apolonia, Apolonia", de Lea Glob; "Les Filles d´Olfa", de Kaouther Ben Hania; "Motherland", de Hanna Badziaka & Alexander Mihalkovich; "Sur l´Adamant", de Nicolas Philibert; e "Smoke Sauna Sisterhhod", de Anna Hints.

Para Descoberta Europeia (prémio FIPRESCI) concorrem "20,000 Especies de Abejas", de Estibaliz Urresola Solaguren; "How to Have Sex", de Molly Manning Walker; "La Palisiada", de Philip Sotnychenko; "Safe Place", de Juraj Lerotić; "The Quiet Migration", de Malene Choi; "Vincent Doit Mourir", de Stéphan Castang.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.