Numa tentativa de criar mais entusiasmo à volta da cerimónia dos Óscares, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e o Twitter juntaram-se para os fãs norte-americanos votarem nos seus filmes preferidos de 2021, independentemente de terem sido ou não nomeados.

O incentivo: o filme preferido será mencionado na cerimónia de 27 de março e três dos fãs serão aleatoriamente escolhidos (juntamente com os seus convidados) para viajar com tudo pago a Los Angeles e apresentarem uma categoria dos Óscares durante a cerimónia de 2023.

Óscares: veja aqui a lista completa de vencedores
Óscares: veja aqui a lista completa de vencedores
Ver artigo

A votação para o #OscarsFanFavorite começou a 14 de fevereiro e termina esta quinta-feira, mas se o plano era destacar grandes sucessos como "Homem-Aranha: Sem Volta a Casa" e "007: Sem Tempo Para Morrer", metade do objetivo já ficou pelo caminho: a despedida de Daniel Craig como James Bond não está na lista dos 10 finalistas divulgada esta segunda-feira pela Academia.

Grande sucesso de 1,8 milhões de dólares das bilheteiras e apenas a nomeação para o Óscar de Melhores Efeitos Visuais, o novo "Homem-Aranha" entrou na lista, mas a revista Variety destaca que o resto é "estranho" e claramente influenciado por algumas bases de fãs, o que era "previsível" por se tratar de uma votação no Twitter.

A lista inclui "Dune", o maior sucesso de bilheteira entre os 10 nomeados para os Óscar de Melhor Filme, mas também "O Poder do Cão", que lidera com 12 nomeações e apenas entrou três vezes no Top 10 mundial da Netflix, e o musical “Tick, Tick … Boom!”, que valeu a Andrew Garfield a nomeação para Melhor Ator e nunca entrou nos tops da plataforma.

A popular animação "Cantar 2" também é finalista, mas as outras cinco posições não foram preenchidas pelos títulos populares tão desejados pela Academia, como "Encanto", "Cruella", "Jungle Cruise" ou filmes da Marvel.

Em vez disso, a lista inclui  "O Esquadrão Suicida"; o filme de terror "Maligno"; o musical "Cinderella" de Camila Cabello; a ação 'zombie' de "Exército dos Mortos", de Zack Snyder; e "Minamata", um "biopic" com Johnny Depp praticamente sem distribuição que a Variety salienta que é "quase impossível" ser visto pela maioria das pessoas no mundo.

Segundo a revista, os resultados confirmam o impacto das campanhas extremamente bem organizadas dos fãs de Depp, Cabello e Snyder.

Reagindo numa entrevista ao Deadline sobre estas campanhas agressivas dos fãs, o presidente da Academia Dvid Rubin foi prático: "Bem, entusiasmo é entusiasmo".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.