«Os Amores de Astrea e de Celadon», uma adaptação da tragicomédia «L’Astrée de Honoré d’Urfé», foi a última obra realizada por
Eric Rohmer, em 2007, e assinalou então meio século de longa carreira. A película, que estreou em Portugal no ano 2008, é um drama romântico entre o pastor Celadon e a pastora Astrea, protagonizado por
Andy Gillet e
Stéphanie Crayencour.

Com o objectivo de homenagear a memória do cineasta,
falecido ontem, o filme será reposto no
Cinema King, em Lisboa, de 14 a 20 de Janeiro, diariamente às 19h50.

Uma dos mais eloquentes elogios ao filme foi escrito por João Bérnard da Costa:
«Como nas pinturas de Simon Vouet, que vimos ao longo do filme, os corpos assumem a sua glória e o Tempo é vencido pelo Amor»

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.