Daniel Craig aparece sentado num pub vazio. Com "Glory Box" dos Portishead como música ambiente, é-lhe servida uma garrafa de Heineken, que esvazia calmamente para um copo. Após um gole calmo e contemplativo, olha diretamente para a câmara e diz "Valeu a pena esperar".

O novo anúncio "Worth the wait" está ligado à chegada aos cinemas a partir de 30 de setembro de "007: Sem Tempo Para Morrer", o quinto e último filme com Daniel Craig como agente secreto, confirmando que é mesmo desta que vai estrear e incorporando na campanha o que não pode ser ignorado... 18 meses depois do que estava previsto.

Além dos filmes, James Bond também é uma "máquina" a que se associam várias marcas, que pagam milhões para estar associados à saga. Para o mais recente, Omega, Land Rover e Smirnoff são outras marcas que ajudaram a pagar o orçamento de 250 a 300 milhões de dólares, o mais caro de sempre.

Mas as equipas de marketing tiveram de travar a fundo as campanhas quando a pandemia adiou a estreia marcada para abril de 2021 e depois refazê-las e passar por três adiamentos da data de estreia.

De facto, "You can’t outrun your legacy" [Não podes fugir ao teu legado], o primeiro anúncio da Heineken para o novo filme, foi lançado a 15 de janeiro de 2020 e era tudo menos minimalista: em vez de um pub, envolvia locais exóticos, uma perseguição automóvel e muitos outros elementos normalmente associados à saga 007.

Segundo a sinopse oficial de "007: Sem Tempo Para Morrer", no início da história James Bond (Daniel Craig) deixou o serviço ativo e está a desfrutar de uma vida tranquila na Jamaica. Mas a sua paz termina rapidamente quando o seu velho amigo Felix Leiter, da CIA (Jeffrey Wright), aparece com um pedido de ajuda. Uma nova missão passa por resgatar um cientista raptado e torna-se muito mais traiçoeira do que o esperado, levando Bond a perseguir um misterioso vilão, Safin (Rami Malek), armado com uma nova tecnologia perigosa.

O elenco inclui ainda Ana De Armas como uma agente da CIA e Lashana Lynch como a nova agente a assumir o código 007 após a reforma de Bond, além de Christoph Waltz, Ralph Fiennes, Naomie Harris, Ben Wishaw e Rory Kinnear a regressarem aos papéis dos filmes anteriores.

O realizador é Cary Fukunaga (da primeira temporada de "True Detective"), que co-escreveu o argumento com Scott Z. Burns e Phoebe Waller-Bridge ("Fleabag", "Killing Eve").

VEJA O TRAILER.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.