Em 2010, Sofia Coppola esteve na corrida para fazer o último filme da saga "Twilight" ("Crepúsculo") criada por Stephenie Meyer, dividido em dois.

Cinco anos depois, outro projeto ficou pelo caminho: a cineasta vencedora de um Óscar com "Lost in Translation" afastou-se de uma versão em imagem real de "A Pequena Sereia" por "diferenças criativas".

Não se tratava de um filme para a Disney a partir do seu clássico da animação de 1989, mas para o estúdio Universal Pictures, adaptando diretamente o conto de Hans Christian Andersen.

Agora, a realizadora revelou o tom das conversas infrutíferas que levaram a não avançar com nenhum dos projetos dos grandes estúdios.

"Tivemos uma reunião e ela nunca foi a lado nenhum. Achei esquisita toda a questão do 'imprinting' do lobisomem. A bebé [uma referência à espécie de dedicação e proteção à primeira vista de Jacob a Renesmee, filha de Bella e Edward]. Demasiado esquisito", disse Sofia Coppola sobre "A Saga Twilight: Amanhecer" numa nova entrevista à revista Rolling Stone.

"Mas uma parte do 'Twilight' anterior podia ter sido feito de uma forma interessante. Achei que seria divertido fazer um romance adolescente-vampiro, mas o último fica realmente muito longe", acrescentou.

"A Saga Twilight: Amanhecer"

A realizadora também soube o momento exato em que caiu por terra o envolvimento numa versão em imagem real de "A Pequena Sereia", que chegou a uma fase mais avançada.

"Estava numa sala de reuniões e um tipo do desenvolvimento [do projeto] disse: 'O que vai colocar o homem de 35 anos na sala de cinema?'. E eu não sabia o que dizer. Simplesmente não estava no meu elemento. Sinto que fui ingénua e depois muito como a personagem da história, a tentar fazer algo fora do meu elemento e, para mim, foi um paralelismo engraçado da história", contou.

Os dois filmes "A Saga Twilight: Amanhecer" seriam dirigidos por Bill Condon e chegaram aos cinemas em 2011 e 2012. O projeto da Universal acabou por nunca se concretizar.

O novo filme de Sofia Coppola chama-se "Priscilla" e centra-se na viúva de Elvis Presley, juntado Cailee Spaeny e Jacob Elordi no elenco. A estreia portuguesa está anunciada para 1 de fevereiro do próximo ano.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.