Esta quarta-feira, a saga "Star Wars" fez uma entrada improvável na campanha para as eleições presidenciais dos EUA.

Após gastar 500 milhões de dólares do seu bolso e obter resultados muito abaixo das expectativas durante a Super Terça-feira, o multimilionário Michael Bloomberg desistiu da corrida para conseguir a nomeação do Partido Democrata na corrida à Casa Branca e expressou o apoio à candidatura de Joe Biden.

O atual Presidente não demorou a gozar tanto com o seu rival de Nova Iorque como com Joe Biden.

"O Mini Mike Bloomberg acabou de 'desistir' da corrida para Presidente. Podia ter-lhe dito há muito tempo que ele não tinha o que era preciso e podia ter poupado mil milhões de dólares, o custo verdadeiro. Agora, ele vai despejar dinheiro na campanha do Joe dorminhoco, esperando salvar a face. Não vai resultar", escreveu Donald Trump.

A resposta foi rápida e esclarecedora: um "até já, Donald" e parte da simbólica cena em que Obi Wan Kenobi enfrenta Darth Vader no primeiro "Star Wars" mostram que Mike Bloomberg pretende continuar por outros meios a luta para fazer Trump perder a reeleição em novembro.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.