Em 1943, o governo norte-americano criou o programa
Monuments, Fine Arts, and Archives (MFAA) com o objetivo de proteger e recuperar todo o tipo de objetos culturais durante e depois da Segunda Guerra Mundial, a maioria espoliados pelos nazis. Os agentes eram especialistas em arte escolhidos pelo governo para a tarefa e tornaram-se conhecidos como Monument Men.

Em 2009, Robert M. Edsel escreveu o livro
«The Monuments Men: Allied Heroes, Nazi Thieves and the Greatest Treasure Hunt in History», que documenta a história desses resgatadores e que
George Clooney tenciona agora levar ao cinema.

O filme, que terá um orçamento elevado e se chamará apenas
«The Monument Men», está a ser co-escrito por George Clooney com o seu habitual parceiro
Grant Heslov, e ambos voltarão a assegurar a produção. Ainda não há nomes garantidos no elenco, exceto o do próprio Clooney, que será o ator principal.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.