George Clooney e Bob Dylan vão juntar-se para levar ao cinema "Calico Joe", do prolífico escritor John Grisham.

Além de ser o realizador, George Clooney vai escrever a adaptação com o seu parceiro habitual Grant Heslo, e a parceria junta a produtora de ambos com a Grey Water Park Productions de Bob Dylan.

Será o oitavo filmes atrás das câmaras de Clooney, após "Confissões de Uma Mente Perigosa" (2002), "Boa Noite, e Boa Sorte" (2005), "Jogo Sujo" (2008), "Nos Idos de Março" (2011), "The Monuments Men - Os Caçadores de Tesouros" (2014), "Suburbicon" (2017) e o ainda inédito "The Midnight Sky".

Publicado em 2012, "Calico Joe" não anda à volta da Justiça e dos tribunais, ao contrário de outros livros de Grisham levados ao grande ecrã, como "A Firma", "Dossier Pelicano", "O Cliente" ou "Tempo de Matar".

Descrita como uma "história comovente de pais e filhos, perdão e redenção", "Calico Joe" arranca no verão de 1973, quando um promissor atleta de basebol dos Chicago Cubs vê a sua vida alterada após ser atingido de forma intencional e quase fatal por uma bola, e as consequências 30 anos mais tarde, vistas pelo ponto de vista do filho do arremessador da equipa adversária dos New York Mets.

A obra tem alguns contornos autobiográficos, na medida em que o escritor desistiu da modalidade aos 19 anos após quase ser atingido por uma bola.

Em comunicado conjunto a anunciar a parceria, Clooney e Heslov destacam que "o John escreveu uma bela história e a oportunidade de colaborar com o Bob [Dylan] para a levar ao ecrã é simplesmente fantástica".

"O George e o Grant veem neste livro o mesmo que eu, uma poderosa história que terá ressonância tanto junto dos mais novos como dos mais velhos. Pessoas de todas as formas de vida conseguirão relacionar-se com ela", acrescentou Bob Dylan.

Não foram divulgados pormenores sobre o elenco ou a data de estreia.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.