com o apoio MEO
Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui

Igualdade de Sexos

Made In Dagenham

Igualdade de Sexos

Made In Dagenham

O filme apresenta a galardoada actriz Sally Hawkins no papel de Rita O'Grady, a catalizadora da greve de 1968 na fábrica da Ford de Dagenham, que juntou 187 operárias e levou ao advento da Lei de Igualdade de Pagamento.

A trabalhar em condições extremamente precárias, muitas horas seguidas, e preocupadas em conciliar o trabalho com a vida doméstica, as mulheres da fábrica de Dagenham perdem finalmente a paciência, quando são classificadas como "não qualificadas". Com humor, bom senso e coragem, Rita e as outras mulheres, reivindicando igualdade de direitos, viram-se contra os seus patrões, contra a comunidade local e, finalmente, contra o governo, usando a sua inteligência e imprevisibilidade que se revelam à altura de qualquer um dos seus oponentes masculinos. Ousando resistir e quebrando barreiras, as mulheres mudam um sistema que ninguém queria admitir que estivesse ultrapassado.

Notícias relacionadas

  • Morreu o ator Bob Hoskins
    O ator britânico Bob Hoskins, célebre por filmes como «Quem Tramou Roger Rabbit», «A Minha Mãe é uma Sereia» ou «Mona Lisa», faleceu aos 71 anos.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.